HISTÓRIA DO JEEP WILLYS

Década de 50


1954 Jeep começa a ser montado no Brasil pela Willys

1956 A Rural, chamada de Perua Jeep, passou a ser importada e montada no Brasil a partir de 1956

1957 Início de fabricação no Brasil contando com 65% de nacionalização, motor F-134 Hurricane de 73HP @ 4000 e torque de 15,8Kgfm @ 2000 / 2.150cc / 4 cilindros / câmbio de três marchas com 1a marcha seca (não sincronizada) / diferencial dianteiro Dana 25 e traseiro Dana 44 / relação de diferencial 5.38:1 (43x8). Lançamento oficial da Rural.

1958 Algumas pick-ups importadas (modelo Americano) disponíveis no Brasil. O Jeep passa a sair com novo motor BF-161 de 90HP @ 4.000 RPM e 18,6Kgfm @ 2000RPM com cilindrada de aproximadamente 2.638cc e 6 cilindros (primeiro motor totalmente fundido no Brasil, fabricado em Taubaté, SP). Indice de nacionalização de 80%

1959 Jeep e Rural com Motor nacional de 6 cilindros / 90HP / 2600cc. O diferencial dianteiro passa a ser também Dana 44

Década de 60


1960Carroceria passa a ser nacional com recorte da caixa de rodas traseira trapezoidal (antes era redondo). As letras "JEEP" nas laterais passam a ter um formato mais arredondado. Rural, com 100% de nacionalização, ganha reestilização da frente e o nome Rural Jeep

1961Lançamento da pick-up Jeep 4x2

1962Surge, o Jeep CJ-6, versão 4 e 2 portas (Jipão) montado sob o chassis da Rural (101" de entre eixos ) e é lançada a pick-up 4x4

1965Jeep recebe câmbio de três marchas sincronizado. Rural com nova grade do radiador para o modelo 4x2, limpador de para brisa elétrico (o anterior era a vácuo), Suspensão independente na frente nos modelos 4x2.

1966Jeep passa a contar com roda-livre automática, alternador no lugar do dinamo, e novo volante. É lançada versão especial "Jeep Praia" com tração 4X2 suspensão macia, para-choques e calotas cromados e acabamento mais "civil". Foi inaugurada a linha de montagem de Jaboatão, PE.

1967Rural ganha novo painel de instrumentos localizados à frente do volante e trava de direção, novas maçanetas internas, câmbio de 4 marchas sincronizado, nova grade do radiador, novas calotas (4x2). É lançada uma versão "Jovem" com bancos individuais e capota conversível, passou a sair com lanterna traseira do lado direito e comando de seta além de novo desenho de pára-choques traseiro. Sai com coluna de direção semelhante a da Rural com chave na coluna além de trava de volante. A Willys Overland do Brasil é comprada pela Ford Motors do Brasil. .

1968Passa a ser fabricado pela Ford Willys. Novas versões da Rural: Luxo/standart e novas opções de pintura - todas em duas cores. Suspensão independente na frente com molas helicoidais somente no veículo 4x2 luxo, os demais com eixo rígido e feixe de molas. Nova coluna de direção para o modelo luxo 4X2 ( a mesma do Aero).

1969 Jeep passa a contar com coroa e pinhão de 44x9 resultando na relação 4.89:1 (mais longa). Chassi passa a ser marcado, numeração do documento passa a ser a do chassi.

Década de 70


1970Chave de ignição volta para o painel e recebe a denominação Ford Jeep. A Rural sai com duas opções de motor: 3000cc / 6cilindros / 110HP ou 2600cc / 6c / 90HP e estofamento na cor preta. No Jeep, foi introduzido como opcional o motor 3.000 com carburação simples que rende 112HP @ 4400RPM e 22,6Kgfm @ 2000RPM.

1972Rural, como o nome de "Ford Rural", e Pick-up, com o nome de F-75, ganham novas cores.

1975Rural com Novo motor Ford 4 cilindros/2.400/90HP. Fabricada apenas em dois modelos 4x2 e 4x4. Foi concluida a atualização da fábrica de motores de Taubaté, SP, dando início à fabricação do motor 2.3 OHC (Over Head Camshaft) que equipa os Ford Pinto, Maverick, MustangII, BroncoII e Ranger americanos.

1976Jeep recebe nova motorização Ford 2.3 OHC (140c.i) de 91HP @ 5.000 RPM e torque de 17,0Kgfm @ 3.000 RPM além de novo câmbio de quatro marchas. É eliminado o alçapão de ventilação.

1977Último ano de fabricação da Rural.

1978A Ford comemorou a marca de 200.000 unidades do Jeep vendidas.

Década de 80


1980Foi lançado como opcional o Jeep com motor OHC movido a álcool de 92HP @ 4.800RPM e 17,9Kgfm @ 2.800RPM, contando com ignição eletrônica e ventoinha com embreagem eletro-magnética.

1981Pedaleira suspensa passa a ser um opcional de fábrica além de reforços estruturais.

1982Ford paralisa a produção do Jeep no Brasil

1983Último ano de fabricação da F-75. Em abril, última unidade do Jeep a ser vendida.

1986A Bernardini, fábrica de tanques e material bélico, começou a restaurar Jeeps da década de 60 para o Exército Brasileiro, repotencializando-os com o motor 4 cilindros 2.5 (151c.i) do Opala, 82 HP @ 4400 RPM e 17,1 Kgfm @ 2500 RPM.

Década de 90


1997Chrysler comercializa no Brasil o JEEP Wrangler americano (Chrysler atual proprietária da marca JEEP)

PROGRAMAÇÃO

FESTIVAL DO JEEP GARANHUNS 2022

DIA 01/07 - Sexta-Feira

Local: Terraço Choperia

18h - Abertura da secretaria – inscrições

19h - Receptivo para os participantes Com duas atrações musicais Chopp grátis e uma senha para petiscos para quem fez inscrição

Localização no mapa

DIA 02/07 - Sábado

Local: Terraço Choperia

8h30 - 1ª Largada Trilha do Lobisomem

9h30 - 2ª Largada Trilha do Lobisomem

10h30 - 3ª Largada Trilha do Lobisomem

10h - Saída Passeio Ecológico

Localização no mapa

DIA 07/07 - Domingo

Local: Loteamento Rosas de Garanhuns

9h Provas de indor na pista off road do Jeep Clube, no loteamento Rosas de Garanhuns próximo ao Cemitério São Miguel sentido Miracica

Localização no mapa

INSCREVA-SE FESTIVAL DO JEEP GARANHUNS 2022

INSCRIÇÃO

Parceiros

PARCEIROS Conheça as empresas que apoiam o Festival do Jeep.

Patrocínio Master

Apoio